A confirmação veio do próprio Ministro das Relações Exteriores, Embaixador Ernesto Araújo, após uma reunião com o Deputado Federal Josias Da Vitória, que tinha apresentado oficialmente o pedido, após uma visita a Portugal.

Nesta decisão, pesou a ligação histórica e cultural da vila de Belmonte com o Brasil, por via de Pedro Álvares Cabral. Este posto de consulado poderá servir os diferentes brasileiros que trabalham e estudam na região do interior português e que assim, para tratar de formalidades legais, já não terão de se deslocar a Lisboa ou Porto.