Programa20 de Julho | Sexta-feira

Palco Castelo de Belmonte | 21h30

21 de Julho | Sábado

A muy distinta terra de Belmonte foi desde tempos imemoriais, um chão sagrado de nobres guerreiros. Falamos da saga dos Cabrais. Estavam dispensados da jura de lealdade a el-rei, pois a sua consagração ao reino era incontestável. O seu sacrifício e abnegação eram tidos como exemplo para todos os outros nobres cavaleiros de Portugal. Tomai para vós estes nomes heroicos, de gente que colocou a sua vida e a espada ao serviço de Deus, de Sua Majestade, e do povo humilde deste chão pátrio que tanto defenderam.

Luís Gil Cabral (1365 - 1433)

1.º Senhor de Belmonte, defendeu este chão dos castelhanos que, ávidos de poder e tomados pela ganância, ultrapassavam as raias fronteiriças que nos separavam. E porque era preciso combater os infiéis da mourama, levou os seus homens para batalhar na expedição de Ceuta.

Fernando Álvares Cabral (1394 - 1437)

2.º senhor de Belmonte, foi cavaleiro e criado do Infante D. Henrique. Pelejou a seu lado na tomada de Ceuta, no norte de África. E em Tânger, para assegurar a vida do Seu Senhor, deu o corpo às armas, caindo no campo de batalha. Cena representada no capitel da capela da Piedade na Igreja de Santiago.

Fernão Cabral I (1427 – 1492)

1.º Alcaide de Belmonte, nomeado por el-rei D. Afonso V. Acompanhou Sua Majestade na Batalha de Toro, na ambição de ser rei de Castela. Gasto o alento de chegar a um trono peninsular, virou Portugal as esperanças para o mar. Seu filho, Pedro Álvares Cabral chegaria a terras do novo mundo – Brasil.

João Fernandes Cabral (1467 - 1507)

2.º alcaide de Belmonte, foi um homens instruído na corte, em Lisboa, onde cursou com os grandes mestres judaicos. Combateu nas praças de Marrocos e regressou para ser senhor das terras de Belmonte e Covilhã. A ele (ou a sua esposa) se deve a notável janela manuelina do Castelo de Belmonte.

26 de Julho21h00josé ninguém
Não perca os vídeos do Concelho de Belmonte

Consulte todos os vídeos na página de

Multimédia
Bem-vindos a Belmonte

É bom viver aqui!

Colmeal da Torre

Torre Centum Cellas

0Days0Hours0Minutes0Seconds

Agenda Cultural

Nenhum evento encontrado!

A não perder em Julho

Documentos Recentes

Enquadramento Geográfico

Belmonte está implantado na margem esquerda do rio Zêzere, em plena Cova da Beira, no sopé da Serra da Estrela. A vila instalou-se na morro granitico da Serra da Boa Esperança e estendeu-se ao longo dele para Sudoeste.

Província da Beira Baixa, distrito de Castelo Branco, NUT da Cova da Beira, Comarca da Covilhã, Bispado da Guarda. O Concelho de Belmonte divide-se em quatro freguesias: União de Freguesias de Belmonte e Colmeal da Torre, Caria, Inguias e Maçainhas. Conta com outras povoações, tais como: Gaia, Carvalhal Formoso, Malpique, Monte do Bispo, Olas, Trigais, Belmonte Gare, Quinta Cimeira e Quinta do Meio.

620 metros de altitude | População: 6859 | Área: 118,76 km

Belmonte e Colmeal da Torre Caria Inguias Maçainhas

Multimédia

Galeria de Fotos e Vídeos

Serviços Úteis

Instagram Município de Belmonte