Artigos

O Comandante Distrital da Guarda Nacional Republicana de Castelo Branco, Albino Tavares (foto), visitou ontem o concelho de Belmonte, a convite do presidente da Câmara Municipal.

A falta de efectivos no Posto da GNR de Caria, que no passado mês de Junho encerrou no período nocturno entre a meia-noite e as 08h00, será um tema a abordar com o Comandante Distrital.

Recordar que na última sessão da Assembleia Municipal de Belmonte foi aprovada, por unanimidade, uma moção contra a redução de horário no posto da GNR de Caria. A moção apresentada pelo deputado do Partido Socialista, Pedro Catalão, diz que esta redução “é mais um passo para o encerramento” do posto, lamentando o “esvaziamento de um serviço” que é essencial às populações. Segundo o deputado, esta mudança de horário não foi comunicada aos órgãos autárquicos, “foi uma falta de respeito” vincou Pedro Catalão.

Nessa mesma sessão da Assembleia Municipal de Belmonte, realizada no dia 29 de Junho, o presidente da Câmara disse estar preocupado com a situação do Posto da GNR de Caria, e esperava reunir em breve com o Comandante Distrital para encontrar uma solução para o problema da falta de efectivos, e lamentou que, “passados dois anos, isto aconteça de novo, quando havia promessas e garantias da senhora Secretária de Estado que isto não iria continuar a acontecer. Não podemos estar, de dois em dois anos, a repetir esta situação.”

fonte: Radio Caria

A Câmara Municipal de Belmonte vem por este meio agradecer a todos os cidadãos e entidades que nos têm ajudado com ofertas e na produção de EPI (Equipamento de Proteção Individual), de forma a poder chegar a todos os que, neste momento de emergência, tanto precisam.

O Município agradece publicamente ao Grupo de Voluntárias de Belmonte pela produção de máscaras de proteção e à Joalpe, Indústria de Expositores S.A. do Tortosendo e a Marcelo Pimenta, Lda. de Trancoso pela oferta de viseiras de proteção.

Em conjunto com o material adquirido pela Câmara Municipal de Belmonte, estas ofertas já estão a chegar a quem mais precisa, nomeadamente, os Bombeiros Voluntários de Belmonte, o Centro Social e Paroquial do Imaculado Coração de Maria de Colmeal da Torre, ao Posto Territorial de Belmonte da Guarda Nacional Republicana, aos Agrupamentos Escolares, à empresa Ao Seu Serviço, entre outras.

Caso seja necessário, o Município tem todo o interesse em distribuir o restante material disponível mediante solicitação para os nossos contactos oficiais: 275 910 010, 275 910 019 ou atpermanente@cm-belmonte.pt

Conforme notícia publicada em Novembro, o Posto da Guarda Republicana de Caria, esteve a funcionar como Posto de Atendimento.

A partir do mês de Dezembro, o Posto de Caria da Guarda Nacional Republicana volta ao seu horário e funcionamento normal com o respectivo efectivo de militares.

A garantia deixada pelo Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana numa reunião que juntou à mesma mesa no Largo do Carmo em Lisboa, o presidente da Assembleia Municipal de Belmonte, Paulo Borralhinho, o vereador Luís António Almeida, em representação da Câmara Municipal de Belmonte, e o presidente da Junta de Freguesia de Caria, Pedro Torrão.

fonte e imagem: Radio Caria

Depois do anunciado encerramento da Estação dos Correios de Belmonte, o concelho poderá sofrer mais um revés.

O Posto da Guarda Nacional Republicana Caria que conta com um efectivo de 10 militares, deverá passar a Posto de Atendimento a partir de hoje (14 Novembro), ou seja ficará a funcionar em horário de expediente com apenas um militar, transferindo os restantes militares da GNR de Caria para o Posto de Belmonte.

A decisão foi comunicada esta terça-feira (13 Novembro), pelo comandante do Destacamento Territorial da Covilhã, Capitão Luís Moreira, ao presidente da Câmara de Belmonte, numa reunião que juntou à mesma mesa, o comandante do posto de Belmonte, Sargento Paulo Almeida, o presidente da Assembleia Municipal de Belmonte, o vereador Luís António Almeida e os presidentes das Juntas de Freguesia de Caria e de Inguias.

O Presidente da Junta de Freguesia de Caria considera que é “uma decisão incompreensível incompreensível e que coloca em causa a segurança das nossas populações”. A Junta de Freguesia de Caria afirma que “o Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana de Caria existe nesta Vila há mais de 60 anos, actuando numa área de cerca de 110km2, entre os concelhos de Belmonte e Covilhã.

António Dias Rocha afirma que “o Capitão Luís Moreira tentou demonstrar as suas razões referindo que os serviços vão ser melhorados com esta centralização dos homens em Belmonte, ficando Caria com um atendimento reduzido das 9h00 às 17h00, um atendimento administrativo, o senhor Capitão quer continuar a apostar nisto e pediu-nos que lhe déssemos o benefício da dúvida, experimentássemos durante quinze dias, para ver como as coisas resultam, e ficou marcada uma nova reunião dentro de quinze dias”.

fonte: Radio Caria