As Aldeias Históricas de Portugal foram o destino escolhido para filmar, de quatro das seis equipas de realizadores internacionais que vão participar na competição do ART&TUR. O Festival Internacional de Cinema de Turismo vai realizar-se entre os próximos dias 23 e 27, em Leiria.

“Um festival de cinema de e para o turismo, com uma competição internacional que atrai cerca de uma centena de produtores e realizadores, que apresentam neste certame os melhores filmes de turismo. Um evento que, este ano, leva também a concurso filmes promocionais realizados nas Aldeias Históricas de Portugal”.

Quatro das seis equipas em competição escolheram as Aldeias Históricas de Portugal para filmar, “provando assim que ninguém fica indiferente à beleza destes lugares”. Belmonte, Monsanto, Piódão e Sortelha foram as aldeias eleitas por equipas de realizadores vindos de origens tão distintas como África do Sul, Brasil, Índia, Japão, Paquistão ou Estados Unidos da América.

Um concurso que será um verdadeiro desafio, já que as equipas só dispõem de três dias para filmar, de 20 a 22 de Outubro, e mais dois para editar e concluir os filmes, que devem ter entre dois a três minutos de duração.

Estes serão apresentados ao público e, ao júri do Festival, no dia 25 deste mês. O vencedor da ART&TUR Factory será anunciado no dia seguinte, na Gala de Prémios ART&TUR 2018.

O evento conta com comissão de honra multifacetada, destacando-se a presença dos ministros portugueses da Economia e da Cultura, da Secretária de Estado do Turismo, do presidente do Turismo Centro de Portugal, da Directora Geral do Património Cultural, do Presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste, do Secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal de Coimbra e de 26 presidentes de autarquias do Centro de Portugal.