Artigos

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto celebra-se anualmente a 27 janeiro. Esta data foi escolhida por possuir um significado especial. Foi a 27 de janeiro de 1945 que teve lugar a libertação do principal campo de concentração nazi, Auschwitz, localizado na Polónia, pelas tropas da União Soviética.

O Holocausto, ou também denominado de Shoá, foi o movimento de perseguição e extermínio sistemático, apoiado pelo governo nazi, de cerca de seis milhões de judeus. Os nazis que chegaram ao poder na Alemanha em janeiro de 1933, acreditavam que os alemães eram “racialmente superiores” e que os judeus eram “inferiores”, sendo uma ameaça à auto-intitulada comunidade racial alemã.

Durante o Holocausto as autoridades alemãs também destruíram outros grupos considerados “racialmente inferiores”: os ciganos, os deficientes físicos e mentais, e eslavos (poloneses, russos e de outros países do leste europeu). Houve ainda outros grupos que foram perseguidos por causa do seu comportamento político, ideológico ou comportamental, tais como os comunistas, os socialistas, as Testemunhas de Jeová e os homossexuais.

Neste dia, um pouco por todo o Mundo, decorrem cerimónias de homenagem que lembram os milhões de vítimas provocadas pelo genocídio da Alemanha Nazi, durante a II Guerra Mundial.

Consulte AQUI o Programa do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto