De 25 de Julho a 26 de Setembro, todos os sábados, às 16:30h, o património, as tradições, as lendas de Belmonte são-nos apresentadas por figuras da nossa História.
Fique atento a cada uma das personagens. Faça uma viagem pelo tempo.
Todas as visitas guiadas são gratuitas e de inscrição obrigatória. As inscrições estão limitadas a 20 pessoas por visita.

Conheça todo o programa de visitas em:
https://cm-belmonte.pt/visitas-guiadas-encenadas/

Uso de máscara obrigatório.

O Comandante Distrital da Guarda Nacional Republicana de Castelo Branco, Albino Tavares (foto), visitou ontem o concelho de Belmonte, a convite do presidente da Câmara Municipal.

A falta de efectivos no Posto da GNR de Caria, que no passado mês de Junho encerrou no período nocturno entre a meia-noite e as 08h00, será um tema a abordar com o Comandante Distrital.

Recordar que na última sessão da Assembleia Municipal de Belmonte foi aprovada, por unanimidade, uma moção contra a redução de horário no posto da GNR de Caria. A moção apresentada pelo deputado do Partido Socialista, Pedro Catalão, diz que esta redução “é mais um passo para o encerramento” do posto, lamentando o “esvaziamento de um serviço” que é essencial às populações. Segundo o deputado, esta mudança de horário não foi comunicada aos órgãos autárquicos, “foi uma falta de respeito” vincou Pedro Catalão.

Nessa mesma sessão da Assembleia Municipal de Belmonte, realizada no dia 29 de Junho, o presidente da Câmara disse estar preocupado com a situação do Posto da GNR de Caria, e esperava reunir em breve com o Comandante Distrital para encontrar uma solução para o problema da falta de efectivos, e lamentou que, “passados dois anos, isto aconteça de novo, quando havia promessas e garantias da senhora Secretária de Estado que isto não iria continuar a acontecer. Não podemos estar, de dois em dois anos, a repetir esta situação.”

fonte: Radio Caria

É um evento lúdico/desportivo, pedestre em natureza com características de montanha. Desenvolve-se em percursos com a utilização de veredas, trilhos florestais, caminhos rurais, carreiros, trilhos pedestres e estradas de asfalto.

A prova, inicia-se no Castelo de Belmonte, dia 23 de julho pelas 18 horas. O percurso é feito de forma contínua, com partida de Belmonte e com o final na praia fluvial da Aldeia Ruiva em Proença-a-Nova.
Uma viagem no tempo de 281 km, uma das mais longas ultramaratonas do mundo.

É feito em regime de semi autossuficiência, guiado por GPS, com Postos de Controlo e Abastecimento, onde poderão descansar e reabastecer as suas forças.

A extensão total do percurso é de 281 km, 9350 D+ e com prazo limite de 66 horas para conclusão.

ℹ️ Consulte informação:
➡️ Evento: https://www.facebook.com/events/961090570934127/
➡️ Programa: https://www.pt281.com/programa2020/

A Câmara Municipal de Belmonte disponibiliza a partir de amanhã, o serviço de Transportes Flexíveis Municipais que irá abranger todas as localidades do concelho, de modo a satisfazer as necessidades diárias em termos de mobilidade, de toda a população e principalmente da população mais idosa e desfavorecida.

Poderá consultar AQUI os horários e as zonas de paragem no documento em anexo.

3ª feira – Partida/Chegada – Monte do Bispo – AQUI

4ª feira – Partida/Chegada – Inguias – AQUI

5ª feira – Partida/Chegada – Maçainhas – AQUI

6ª feira – Partida/Chegada – Gaia – AQUI

No atual contexto de pandemia da COVID-19, as farmácias permanecem determinadas em garantir a acessibilidade dos portugueses ao medicamento, procurando dar a melhor resposta às necessidades das pessoas.

Com vista a assegurar a cobertura farmacêutica, prestar um serviço de turnos de serviço mais eficiente e proteger a segurança das equipas das farmácias na fase da pandemia, foi implementada uma reorganização do serviço de turnos das farmácias.

Em simultâneo com esta reorganização foi implementada em todo o país a Linha Nacional 1400.
A Linha 1400 é gratuita e funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, assegurando o acompanhamento completo dos utentes, direccíonando para a farmácia da sua preferência que se encontre mais próxima e com capacidade de dar resposta urgente ao seu pedido de medicamentos.

O serviço da Linha 1400 tem contribuído, desta forma, para uma melhor orientação do utente no sistema de saúde, evitando assim deslocações desnecessárias do próprio ou seu familiar.

Belmonte e o Criptojudaísmo são finalistas regionais do programa da RTP, 7 Maravilhas da Cultura Popular.

A nossa participação e os resultados obtidos até agora são a confirmação do valor que a comunidade judaica representa não só para o nosso concelho como também na região e no país.

Fazemos um apelo ao seu voto de forma a podermos ser considerados como uma das 7 maravilhas da cultura popular portuguesa.

Ligue o 760 207 836 (Custo da chamada: 0,60€+IVA) e vote em nós. Vote em Belmonte!

Na sequência do esforço e empenho por parte dos Municípios de Belmonte, Castelo Branco, Covilhã e Fundão, junto do Governo e Ministério da Agricultura a fim de ser criado um apoio financeiro para ajudar agricultores, pessoas singulares ou coletivas, que devido às chuvas intensas acompanhadas de forte queda de granizo, que atingiram e provocaram danos significativos na nossa região.

De acordo com o Despacho Normativo nº 6-A/2020, destina-se aos agricultores dos municípios da nossa região que tenham sofrido danos causados pela intempérie, e provocaram prejuízos avultados em explorações agrícolas, com destaque para a cultura da cereja e pêssego e na cultura da vinha. Este financiamento da compensação a atribuir será repartido entre o Ministério da Agricultura e os municípios afetados.

Os agricultores afetados devem preencher a Ficha de Declaração de Prejuízos e enviar para a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC) para:
Rua Amato Lusitano, lote 3
6000-150 Castelo Branco
Telefone : 272 348 600
Fax : 272 348 625
E-mail: drapc@drapc.gov.pt

O diretor executivo da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027, visitou Belmonte para conhecer as suas infraestruturas de cultura e também a programação do município para o próximo meio ano. O arquiteto, Pedro Gadanho, visitou os museus de Belmonte, a Casa Etnográfica de Caria, os auditórios municipais e da Santa Casa da Misericórdia, a Quinta da Fórnea, e ainda a zona da chamada praia-fluvial, tendo em vista um projeto de recuperação do espaço para um auditório ao ar-livre.

Esta visita foi antecedida de uma reunião com o presidente da autarquia, António Rocha, e com o vice-presidente da Câmara Municipal da Guarda, Victor Amaral reafirmou que a “candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura, não é uma candidatura de uma cidade mas sim de uma região que envolve 17 municípios e onde Belmonte tem um papel preponderante pelas suas muitas valências e dinâmicas”. António Rocha mostrou agrado pela abertura da candidatura a outros municípios e mostrou-se empenhado no projeto, sublinhando uma vez mais, que “Belmonte será um parceiro ativo, para levar a candidatura a bom porto, ajudando a reforçar o projeto e a torná-lo diferenciador”.

O diretor executivo da candidatura, Pedro Galhano, afirmou que o projeto vida criar “uma metrópole no interior, em que os 17 municípios possam interagir numa rede de eventos e oportunidades regionais, aumentando a oferta cultural” e deixou a mensagem de que a cultura “pode e deve ser também uma alavanca económica, até numa altura em que as pessoas começam de novo a olhar para o interior, não só para o turismo, mas para viver e trabalhar!”

Belmonte é um dos 17 municípios que integram a candidatura Guarda 2027, conheça mais em https://www.guarda2027.pt/belmonte

 

A Srª Diretora da DRCC (Direção Regional de Cultura do Centro), Drª Suzana Menezes, veio conhecer as potencialidades culturais de Belmonte, em especial do Projeto Centro Interpretativo de Centum Cellas.

Reuniu com o Presidente da Câmara Municipal de Belmonte, Dr. António Rocha, com os Vereadores do Município e com os Técnicos envolvidos no projeto e visitou o local de forma a perceber no terreno a implementação prática do Centro Interpretativo.

O Presidente do Município demonstrou a sua preocupação relativamente à possibilidade de deterioração da Torre de Centum Cellas, bem como do espaço envolvente o que justifica alguma urgência no avanço do projeto.

A Drª Suzana Menezes visitou ainda o Museu Judaico e as estruturas museológicas localizadas na Fórnea, em Caria, nomeadamente a Casa da Torre/Museu do Território, Museu Etnográfico e Casa da Roda.

A campanha nacional “proteger crianças compete a tod@s” foi desenvolvida pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ) com o intuito de reforçar o trabalho que tem vindo a ser realizado pelas CPCJ – Comissões de Proteção de Crianças e Jovens – ao longo do período de pandemia e confinamento, e de forma a tornar mais acessível a comunicação de situações de perigo.

Esta campanha, à qual a CPCJ de Belmonte se associou, pretende chamar a atenção de toda a primeira linha de ação, com especial destaque para a sociedade civil: amigos, vizinhos, familiares e conhecidos – todos têm responsabilidade de comunicar situações que conheçam.

Foi criado e está acessível o número de telefone 96 123 11 11, da responsabilidade da CNPDPCJ, que garantirá o devido encaminhamento destas situações para a CPCJ de Belmonte.

 

Promovidas pelas Rede das Aldeias Históricas de Portugal, as ações de sensibilização “Acessibilidade e Mobilidade para Todos” que estavam previstas para o inicio deste ano e tiveram que ser adiadas em virtude da pandemia, vão ser retomadas nos dias 17, 25 e 30 de junho e serão realizadas em ambiente digital.

Acessibilidade e Mobilidade para Todos, consulte aqui

Ação I – Acessibilidades DL 163 e o POS-COVID-19
17.06.2020 (11:00 – 12:30) – Paula Teles | José Duarte

-Acessibilidade: espaço público, edificado, transportes
-Segurança e Higiene Sanitária: distanciamento e distribuição dos espaços
-Turismo Sustentável e para Todos

[Debate]

Ação II – A importância da Comunicação Acessível no POS-COVID-19
25.06.2020 (14:30 – 16:00) – Adelino Ribeiro| Ana Bela Baltazar

– Comunicação Acessível
– Importância da Infoacessibilidade
– Comunicação Assertiva: Destino AHP, destino seguro

[Debate]

Ação III – A importância do Planeamento no Renascimento do Turismo e a Agenda 2030
30.06.2020 – (14:30 – 16:00) – Pedro Silva | Paula Teles

-Que território? Que qualidade? Que turismo?
-Importância do planeamento e Agenda 2030 para o Renascimento Turístico
-Estudo de caso: Rede AHP – acessibilidade/COVID19 em territórios de baixa densidade
-Portugal – medidas e ações imediatas

[Debate]

As inscrições são formalizadas para o e-mail: catarina.marques@aldeiashistoricasdeportugal.com. Após a receção da inscrição será remetido link da plataforma para participarem na ação agendada, devendo os interessados no ato da inscrição mencionar a(s) ação (ações) em que pretendem participar. As 3 ações são complementares entre si.

Para mais esclarecimentos: Telefone: 275 913 395

Consulte mais informações aqui

 

O Município de Belmonte dispõe a partir de amanhã de um sistema de desinfeção e sanitização inovador criado a pensar na proteção e bem-estar de colaboradores e cidadãos.

Assim surge um produto inovador, o Safeplace que visa garantir, acima de tudo, a segurança do espaço onde se aplica, assegurando a higienização de todos os que o frequentam.

Trata-se de um sistema colocado à entrada da Loja do Cidadão de Belmonte, tornando-se um ponto de passagem obrigatório para quem nele pretenda entrar.

Este sistema dispõe de quatro funcionalidades:
➡️Desinfeção Inteligente das Mãos;
➡️Medição da Temperatura;
➡️Sistema de Nebulização de Roupas;
➡️Desinfeção dos Sapatos

Conheça melhor o Safeplace através do vídeo: