O Município de Belmonte promove a mais uma edição do concurso “À Descoberta de Novos Talentos Musicais”. Dar oportunidade a novos talentos da música na região, assim como dinamizar o auditório municipal da vila são os principais objectivos do evento. A participação é gratuita.

Podem participar bandas ou artistas individuais, com idade igual ou superior a 15 anos, que não tenham contrato com nenhuma editora, nem qualquer gravação de temas originais.

É obrigatória a inscrição, por escrito para cultura@cm-belmonte.pt até ao 31 de janeiro de 2018. Para efeitos de admissão, contam os e-mail’s rececionados até as 23h59, desse dia, hora do sistema informático do município.

De acordo com o regulamento, é obrigatório juntar maquete de um tema original ou de uma versão de um tema de outrem. O tema, da maquete, não poderá exceder os quatro minutos de duração e deve ser, obrigatoriamente, compostos por letra e música.

Cada banda ou artista individual atuará em data a definir em fevereiro de 2018, no auditório municipal de Belmonte e o calendário das atuações será organizado de acordo com a ordem de chegada das inscrições recebidas.

Os concorrentes devem preparar a sua atuação com alguns temas, sendo que a actuação no conjunto não pode exceder os 30 minutos.

A data da atuação será comunicada a cada participante, por e-mail, com oito dias de antecedência.

O júri do concurso é constituído por um membro do executivo da Câmara Municipal de Belmonte, um membro da Escola de Música, um membro da Banda Filarmónica de Caria e um membro da Banda Filarmónica de Belmonte.

Como prémio, o vencedor do concurso irá atuar nas Festas do Concelho de Belmonte 2018, assim como um prémio monetário no valor de 500 euros. O regulamento prevê ainda a atribuição de um prémio excepcional de 250 euros para o melhor grupo do concelho de Belmonte, não cumulativo caso seja esta banda a vencedora.

fonte: beira.pt

Dia 31 de Dezembro, às 24h00, não pode perder o fogo de artifício que preparámos para si! Um fogo de artifício que vai iluminar toda a região, já que a pirotecnia será lançada de forma sincronizada em três concelhos distintos: Fundão, Covilhã e Belmonte. Esta parceria entre os municípios na realização do espectáculo de pirotecnia aponta para um futuro de colaboração e união em prol do desenvolvimento turístico da Cova da Beira.
Já sabe, às 24h00, junto ao Castelo de Belmonte!

Regulamento:

1. Podem participar todos os cidadãos, residentes ou naturais do concelho do Belmonte.

2. Cada cidadão só pode concorrer com uma fotografia, de cada madeiro.

3. A fotografia deve ser nocturna, de um madeiro do concelho de Belmonte, a arder.

4. A fotografia deve ser entregue até dia 31 de Dezembro de 2017 na Câmara Municipal – Gabinete Cultural (cultura@cm-belmonte.pt), não estando sujeita a prévia inscrição.

5. No momento da entrega o autor da fotografia assina uma declaração em que autoriza a reprodução daquela imagem e que a mesma passe a ser propriedade do Município de Belmonte.

6. As fotografias serão exibidas na página do facebook Play Belmonte em acção, onde estarão em votação até ao dia 18 de Janeiro de 2018.

7. Além da votação do público, as fotografias serão avaliadas pelo júri do concurso de madeiros.

8. A fotografia vencedora é aquela que tive maior classificação em resultado da soma da votação do público com a do júri, numa escala de 0 – 5, determinada do seguinte modo:

a.Votação do público via Facebook
1ª fotografia mais votada: 2 pontos;
2ª fotografia mais votada: 1,5 pontos;
3ª fotografia mais votada: 1 ponto.

b. Votação do júri: atribuição de classificação entre de 0 a 3 pontos, devendo respeitar os critérios do impacto visual, qualidade de imagem, inovação e respeito pelas regras do concurso.

c. Determinada a classificação, o resultado final corresponderá à soma de ambas as votações.

9. A título excepcional, a Câmara Municipal de Belmonte pode decidir pela atribuição de menção honrosa a/as fotografia/s que embora não sendo vencedora/a mereçam destaque.

10. O prémio para a melhor fotografia é de €100,00.

11. A entrega de prémios será feita em cerimónia própria a marcar pela Câmara Municipal.

(Fotografia de Ruben Sousa: Madeiro de Belmonte, vencedora de 2016)

Foi inaugurada esta manhã a VII Feira da Ecoraia, que decorre em Salamanca, nos dias 9 e 10 de Dezembro e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Belmonte também enquanto Presidente da Associação de Municípios da Cova da Beira.

A Câmara Municipal de Belmonte informa, que devido à realização da Feira Anual de 8 de dezembro que terá lugar na variante de Belmonte, o Município assegura gratuitamente o transporte até à mesma com dois autocarros, estando disponíveis desde o centro da vila tanto até à rotunda Norte como à rotunda Sul da variante.

É de coração aberto, como Presidente da Câmara Municipal de Belmonte, que desejo umas Festas Felizes e que o ano de 2018 vá ao encontro dos vossos anseios e expectativas.

Um concelho que apesar das adversidades, percorre caminhos de prosperidade e de desenvolvimento inegáveis em que o futuro encontra razões fortes para se tornar próspero.

A autarquia não esquece a sua vocação social, nesse sentido, continuamos a zelar pelo bem da nossa população, que tanta estima merece.

Esta é uma época em que estamos menos pressionados pela voracidade do dia a dia e até inspirados pela presença fraterna de família e amigos, é a oportunidade para cada um avaliar o tempo que passou e projetar aquele que está para vir.

Quaisquer que sejam as crenças religiosas de cada um, reitero votos de umas Boas Festas!

O Presidente da Câmara,
Dr. António Rocha

Afim de dar conhecimento a todos, partilhamos a informação da Câmara Municipal da Guarda.

“A Câmara Municipal da Guarda informa que, por motivos de segurança dos utentes, vai proceder à consolidação de taludes afetados pelos incêndios na Estrada Nacional 18. Tendo em conta a realização dos trabalhos, o trânsito será cortado entre o cruzamento de Aldeia do Bispo e o nó da Benespera, a partir do dia 4 de dezembro (segunda-feira), por um período previsto de 3 semanas. Indicamos como percursos alternativos a A23 e a EN 18-1. Solicita-se especial atenção à sinalização implantada no local.”